Quanto Custa um iPhone na Argentina ?

Preço do iPhone na Argentina



A cada ano, milhares e milhares de turistas brasileiros cruzam a fronteira para visitar a Argentina. A grande maioria vai para a Capital, Buenos Aires, mas também diversos cidadãos do Brasil vão à Bariloche, Mendoza, Cordoba e Ushuaia. Além da beleza natural e da cultura encontrada em nosso país vizinho, um dos grandes atrativos que atrai o público brasileiro para lá é o preço.

Ao se comparar o Brasil com a Argentina, muito por lá se encontra bem mais em conta do que por aqui. Com esta percepção de que quase tudo é mais barato na Argentina, muitas pessoas do Brasil que vão visitar o país de nossos hermanos pensam em comprar um iPhone por lá e se questionam em saber quanto custa um iPhone na Argentina. Afinal, se o telefone da Apple seguir a regra dos preços inferiores praticados por lá, deve valer a pena comprar o smartphone por lá, não é?!

Se você está cogitando comprar um iPhone na Argentina, talvez adquirir o smartphone da Apple por lá não lhe seja uma boa opção. Primeiramente, o que mais atrai os Brasileiros a comprarem um iPhone no exterior é a questão do preço. Como possuímos impostos altos por aqui e o iPhone mais caro do mundo (dentre os países que vendem o iPhone oficialmente), milhares de brasileiros compram o telefone da Maçã no exterior e os trazem para a pátria amada.

iPhone na Argentina

iPhone na Argentina

Na Argentina, este quesito principal do preço acaba não sendo tão atraentes para nós brasileiros, isso porque o governo argentino criou de uma forma indireta e não claramente oficial, de uma espécie de banimento de iPhones no país. Segundo o governo de lá, se o telefone não for produzido em território nacional, taxas altíssimas de impostos são aplicadas o que torna o iPhone completamente inviável no país, tanto que nenhuma das operadoras do país (Claro, Movistar e Personal) oferecem o aparelho. Este requisito de produção nacional que ocorre na Argentina em relação a certos produtos, aplica-se não somente ao celular da Apple mas também em diversos e variados produtos como queijos franceses, carros BWM, entre outros, para ‘proteger a indústria e empregos locais’.

Como basicamente não é possível comprar um iPhone na Argentina, já que nenhuma operadora o oferece e não existe loja da Apple no país (existem no entanto autorizadas Apple, veja aqui), a única maneira de se adquirir um iPhone por lá é o comprando no mercado negro (que aliás é bem grande por lá em especial neste ramo de iPhones). A maneira mais ‘simples’ e ‘barata’ de comprar um iPhone na Argentina é através do Mercado Livre de lá, ou Mercado Libre, em espanhol. Em geral, os aparelhos à venda no Mercado Livre de lá vêm dos Estados Unidos e são desbloqueados, o que significa que você pode trazê-lo ao Brasil e usá-lo aqui. Mas o curioso é que como não existem opções para compra o preço do iPhone na Argentina, mesmo no Mercado Livre  de lá o preço não é atrativo. Você pode dar uma conferida aqui neste link. Para converter a moeda de lá (pesos) para real, ou dólar, utilize este conversor aqui.
Protecionismo Argentino

Após a conversão do preço dos telefones oferecidos no Mercado Libre, fica claro que em certos casos, o iPhone por lá é ainda mais caro do que comprar um iPhone no Brasil através das operadoras. Quando são mais baratos, a diferença é mínima. O porém é que ainda existem as taxas de importação que você pode estar sujeito a pagar quando adentrar ao Brasil na volta de sua viagem, sem falar no risco que pode existir em comprar um aparelho deste valor no Mercado Livre de outro país utilizando talvez uma língua que talvez você não domine. Resta você se perguntar se realmente vale a pena comprar um iPhone na Argentina, isso se você ainda encontrar algum que seja mais barato, e caso você também não pague nenhuma taxa ao retornar ao Brasil.

Se você decidir comprar um iPhone por lá, utilize dos mesmos critérios usados para comprar produtos por aqui no Mercado Livre, e em especial procure sempre comprar de vendedores que tenham uma ampla e positivia reputação no mercado, caso contrário você estará talvez correndo um risco maior ainda. E também, lembre-se quando encontrar uma oferta muito boa por lá de que talvez a mesma não seja verdadeira, ainda mais em um país aonde a demanda por iPhones é imensa e a oferta não consegue acompanhar tal demanda. Não é a toa que se vê androids e blackberries por toda a parte na Argentina e em Buenos Aires.

Se você tiver interesse em conferir o preço do iPhone no Mercado Livre da Argentina, aqui vai o link novamente!

PS.:(Existem rumores de que a Apple começará a montar iPhones na Argentina para não ser alvo do abusivo sistema de taxas de importação de seus produtos, mas até o momento não se sabe nada concreto a respeito do assunto.)
Mercado Libre Argentina
Vídeo de um argentino abrindo (unboxing) o seu iPhone 5 (em espanhol):